22 de jul de 2015

Aromas, flores, chocolates e roda gigante. Dia 2.

Antes de irmos viajar, eu pesquisei um monte (mesmo) de guias. Existem inúmeros tipos de guias para Londres. Londres de bicicleta é simplesmente incrível.  Mas nossos roteiros não envolviam somente passeios turísticos e aí encontrei nesse guia aqui  uma sugestão do que os londrinos fazem em Londres no domingo.

Próxima parada: Columbia Road Flower Market
E lá fomos nós.



Acho que eu ainda não tinha plena noção de estar em Londres. Mal conseguia acreditar no que meus olhos viam.



O dia era ensolarado, andamos por ruas vazias, até me perguntando se estávamos no caminho certo.
Foi só virar uma esquina que a sensação foi de entrar num livro de história infantil: crianças no parque, música de rua, pessoas felizes. Sim, estávamos em Londres.

Columbia Road Flower Market


Logo no começo da rua, na esquina mesmo, uma loja verde escuro me chamou atenção pela vitrine. Entrei e perdi o chão. Uma onda de aromas entrou pelo meu corpo - pelos meus poros inclusive. E eu comecei a chorar. Sem parar. daquele de soluçar sabe?  tipo passei vergonha. A vendedora, uma senhora doce e atenciosa perguntou se eu precisava de ajuda. Eu sorri e pedi desculpas. Expliquei que vinha de longe e algo ali havia mexido muito comigo.

Loja de perfumes Angela Flanders


A loja de perfumes, absolutamente elegante, se chama Angela Flanders. A própria Angela, uma senhora com mais de 90 anos, produz os óleos essenciais no processo de produção dos perfumes.
Uma coisa linda que aconteceu foi que eu estava com meu colar de lavanda, que comprei um pouco antes de viajar na loja da querida Zizi das Coisinhas, a Toda Coisinha. A vendedora olhou e disse: acho que você tem uma relação intensa com as flores, veja, lavandas te protegem. Eu já tinha chorado horrores. As lágrimas ainda faziam parte do cenário e já dá pra imaginar que chorei ainda mais. Enviei mentalmente um bocadinho de amor para a Zizi e me refiz.

Uma experiência incrível: flores, aromas e amizade
 Escolhi um perfume para a minha mãe: uma essência feita especialmente para a Rainha há anos atrás. E no caixa conversei com a Angela. Perguntei para ela qual era sua parte favorita no processo. Ela respondeu que a ideia que antecede o processo é o que mais lhe atrai. Essa sensação de materializar em aroma o seu pensamento.  Legal, né?

Me preenchi de boas sensações e seguimos adiante.


O Columbia Road Flower Market nada mais é do que uma grande feira de flores na rua - com comidinhas, música e etc. As lojas da rua ficam abertas - e são lojas de design, decoração, papelaria, etc.

Do meu caderninho da viagem: a loja do Rob Ryan


Na Ryantown compramos um cartão (que virou quadrinho), na Bob & Blossom compramos o L da Lola de Carnival lights e mais um monte de pequenas bobagens que nos fazem felizes até que chegamos na Choosing Keeping - uma papelaria - que só pelo nome já da pra imaginar o quanto nossos olhos viraram de emoção. Emika deixou parte do fígado comprou um monte de coisas: papéis, lápis, régua e alguns 'escrevedores'. Seguimos.

O cartão do Rob Ryan que virou quadro, L de Lola e Keeping Choosing
* A foto da Choosing Keeping é do site deles. Não é permitido tirar foto na loja.

Photo Booth


Pausa para um lanchinho: folhado de cenoura com cebola e amêndoas e bolinho de flores. Não preciso dizer mais uma vez o quão incrível era tudo isso.


Bolinho de flores, arte urbana e peônias ainda fechadas


De lá fomos para o Whole Foods, o supermercado americano de produtos orgânicos e naturais. Meu maior interesse era pelo setor de chocolate. Não só pelo fato de gostar muito mas por um motivo que nunca mais saiu da minha cabeça desde que fiquei sabendo: atualmente grande parte da massa de chocolate para a produção de grandes marcas é produzida na Costa do Marfim e vem de trabalho escravo infantil. 
(caso queira saber mais: The Dark Side of Chocolate e Stop Chocolate Slavery )

Conscious Chocolate , Zotter Chocolate , Divine - Chocolates feitos com selo de produção justa, livre de trabalho escravo
* O Chocolate Zotter pode ser comprado no Brasil, através do site: http://www.zotterbrasil.com.br/

Desde que soube dessa história, consumo chocolate com cautela. Comprei alguns com a confiança no selo do Fairtrade.

Seguimos caminhando até o Hyde park. Lá, fizemos uma pausa sentadas no jardim. Não visitamos nem 1/5 do parque. Ele é enorme!
Selfies

Pegamos o metrô e chegamos na tão esperada roda gigante. UAU.
Ok, muita gente diz que o parlamento é pequeno. E tá, ele pode até ser. Mas a paisagem é linda e tira o fôlego de quem estiver passando.

We Love London


Seguimos caminhando e uma surpresa: um monumento às mulheres da Segunda Guerra. Paramos no meio da rua em silêncio, sem conseguir dizer uma só palavra.

Monumento dedicado para as mulheres da segunda guerra mundial (foto internet)


Optamos por voltar para o hotel a pé. Nesse percurso passamos pelo Apple Market e pela Trafalgar Square.
Quando chegamos já não sentia mais a sola do pé! Hora de dormir!!! ZZZzzzzzzz.....

Trafalgar Square

Ufa!
Até amanhã.
Beijos,
tânia piloto

Um comentário:

  1. Nossa, muito legal a narrativa do passeio. Me senti lá com vocês. Amei o trabalho da com Lola... já vou comprar a minha em breve. Parabéns pela parte social do trabalho. Muito lindo,

    ResponderExcluir